Homem em uma bicicleta segura seu celular e olha aplicativo da Wise

Conheça 8 maneiras seguras de mandar dinheiro para outro país

Cecilia Gibson faz parte da equipe do Monito
Jun 10, 2021
Aviso de afiliado

Precisa enviar dinheiro para o exterior e busca uma forma rápida, barata e segura? Para ajudá-lo a encontrar a melhor opção, fizemos uma análise imparcial de alguns dos principais serviços de transferência internacional. Veja abaixo como funcionam e quanto custam.

Se você precisa transferir dinheiro para amigos e familiares (ou mesmo para sua própria conta) no exterior, evite fazer isso pelo seu banco. Hoje em dia, existem diversas empresas de envio confiáveis oferecendo um ótimo custo-benefício, incluindo plataformas online e até mesmo os Correios, além dos bancos tradicionais.

Em vez disso, o mais indicado é comparar suas opções para tomar uma decisão bem informada. Este guia traz uma visão geral das principais delas, incluindo como funcionam e quanto custam, um passo a passo do processo e também quais são suas vantagens e desvantagens.

recommendation icon

Se você busca economia e rapidez, a Wise e a Remessa Online estão entre as melhores do mercado para transferências para contas bancárias no exterior. Caso preciso enviar dinheiro para retirada em espécie ou quiser ter certeza que está usando a plataforma mais barata, faça uma pesquisa no Monito para encontrar o melhor preço em tempo real.

info icon

🔒 Todos os serviços listados aqui são devidamente autorizados e regulados pelo Banco Central do Brasil.

1. Wise (ex-TransferWise)

Com sede em Londres e presente em mais de 70 países, a Wise (antiga TransferWise) é uma ótima opção se você deseja enviar dinheiro para o exterior com facilidade e baixo custo. A plataforma tem preços transparentes, excelente atendimento ao cliente e reputação impecável.

Como funciona: com a Wise é possível mandar dinheiro para mais de 70 países, tudo de maneira fácil no site ou aplicativo da empresa. Você pode pagar sua remessa com uma transferência TED ou boleto bancário e o dinheiro costuma chegar ao destino em até 2 dias úteis ou menos.

Quanto custa: a Wise cobra apenas uma pequena tarifa que varia conforme a moeda desejada e forma de pagamento (e já inclui o IOF obrigatório). Seu dinheiro é convertido com o câmbio comercial, que é aquele que você vê no Google, de forma transparente e sem custos adicionais.

Como usar: acesse o site da Wise e crie uma conta gratuita. Para enviar dinheiro, informe a moeda e quantia desejada para ver uma cotação no simulador, preencha os dados bancários do beneficiário e escolha como deseja pagar. Por fim, é só fazer um pagamento local para Wise.

✅ Prós: preços baixos e transparentes, câmbio comercial

❌ Contras: não é possível enviar ou receber dinheiro em espécie

Ficou alguma dúvida? Leia nossa análise completa da Wise.

2. Remessa Online

Fundada em 2016, a Remessa Online é uma plataforma digital brasileira que costuma oferecer as transferências mais baratas do Brasil para o exterior. Ela também mostra com transparência todos os custos envolvidos no seu simulador e tem excelente reputação.

Como funciona: a Remessa Online oferece transferências para nove moedas estrangeiras (incluindo dólar americano, euro e libra esterlina). Os envios são pagos via TED e costumam chegar no exterior em até 1 dia útil após a confirmação do pagamento.

Quanto custa: a Remessa Online utiliza o câmbio comercial e adiciona uma taxa administrativa de 1,3% a 4,5% sobre essa cotação, conforme a moeda escolhida. Para transferências abaixo de R$ 3 mil ou próximo desse valor, também pode cobrar uma pequena tarifa bancária.

Como usar: é só acessar o site da Remessa Online e criar um cadastro. O processo leva poucos minutos e não é preciso providenciar documentos para fazer transferências diárias de até R$ 37,5 mil (ou até R$ 75 mil ao ano). Para aumentar seu limite, é preciso fazer o cadastro completo.

✅ Prós: preços baixos e transparentes, câmbio comercial

❌ Contras: não é possível enviar ou receber dinheiro em espécie

Para mais detalhes, confira nossa resenha da Remessa Online.

3. Western Union

Com mais de 500 mil agências em 200 países, a Western Union é a maior e mais antiga empresa de transferência de dinheiro no mundo. Funcionando no Brasil desde 1997, conta com 12 mil postos de atendimento por aqui, incluindo lojas próprias e parceiros credenciados.

Como funciona: a Western Union disponibiliza quase 130 moedas, sendo possível fazer transferências pelo site ou aplicativo WU, pelo telefone e pessoalmente na agência mais próxima. São diversas opções de pagamento, incluindo dinheiro, cartão, transferência bancária.

Quanto custa: o tarifário da Western Union é complicado de entender, já que depende de uma série de fatores (canal, moeda, etc.), mas geralmente é mais barato fazer transferências pelo site ou app – que podem até ter tarifa zero. Mas atenção: a taxa de câmbio da WU vem com margem sobre o câmbio comercial – é assim que você acaba “pagando” pela sua transferência.

Como usar: para transferências online, entre no site da Western Union e clique em “Enviar dinheiro”. Selecione o país de destino, valor, como quer que o destinatário receba o dinheiro e como deseja pagar. No resumo da remessa você verá: a tarifa, taxa de câmbio praticada e prazo.

✅ Prós: diversos canais de atendimento e opções de pagamento e recebimento

❌ Contras: tarifário difícil de entender, taxa de câmbio menos vantajosa

Para entender a fundo, veja nossa avaliação da Western Union Online.

4. Global66

Apesar de ainda pouco conhecida no Brasil, a Global66 é uma das maiores plataformas de serviços financeiros da América Latina. Criada em 2017, a empresa chilena já possui mais de 312 mil clientes na região e vem aos poucos ganhando espaço por aqui também.

Como funciona: a Global66 é 100% digital e oferece remessas para mais de 55 países com preços bastante competitivos. O pagamento é feito por transferência bancária e a remessa costuma chegar ao destino em até 2 dias úteis ou menos, dependendo do horário.

Quanto custa: assim como outras plataformas online, a Global66 também utiliza o câmbio comercial para converter o seu dinheiro. Ela cobra uma pequena tarifa de envio que varia conforme o valor da remessa e moeda, que é mostrada com transparência no seu simulador.

Como usar: acesse o site da Global66 e comece uma simulação. Informe a moeda de destino e valor a ser enviado para ver o valor que o destinatário vai receber. Depois é só criar uma conta para mandar o dinheiro, preenchendo seus dados e do destinatário.

✅ Prós: preços competitivos e excelente reputação no site Trustpilot

❌ Contras: atendimento ao cliente está disponível apenas em espanhol

Confira todos os detalhes em nossa análise da Global66.

5. Bancos tradicionais

Não tem como negar, os bancos são uma forma bastante conveniente para enviar dinheiro para o exterior, já que você pode usar o app ou site que está acostumado, sem precisar fazer novos cadastros. Porém, raramente são a opção mais barata – e, às vezes, nem a mais prática. Entenda:

Como funciona: é preciso que você seja correntista do banco para poder fazer uma transferência internacional e, em alguns casos, ligar para a central de atendimento para habilitar esse serviço online. Você pode pagar sua remessa com débito em conta e o prazo de envio costuma ser de 2 a 4 dias úteis. Os limites variam de banco para banco, assim como os países/moedas suportados.

Quanto custa: cada banco estabelece suas tarifas de envio (que podem até ser gratuitas em certos casos), além de cobrarem pelas despesas bancárias (SWIFT) ou oferecerem que esse custo seja pago pelo destinatário. Os bancos também definem suas próprias taxas de câmbio, com margem de lucro sobre o câmbio comercial – um custo oculto que acaba encarecendo sua remessa.

Como usar: com exceção da Caixa Econômica, os principais bancos brasileiros oferecem transferências para o exterior pelo internet banking ou aplicativo. Esse serviço geralmente aparece no menu com o nome de “Ordem de pagamento para o exterior” ou algo similar.

✅ Prós: é conveniente utilizar o site ou app que está acostumado

❌ Contras: geralmente têm custo maior e demoram mais que as plataformas digitais

Saiba tudo em nosso artigo sobre transferências bancárias internacionais. Ou veja mais detalhes sobre o seu banco aqui: Banco do Brasil, Caixa Econômica, Santander, Itaú e Bradesco.

6. Correios

Bastante conhecido dos brasileiros para envio de cartas e encomendas, os Correios também oferecem um serviço de transferência de recursos para o exterior: o vale postal eletrônico internacional.

Como funciona: é possível enviar dinheiro em espécie para 19 países (incluindo Portugal, Espanha e Itália). A pessoa que recebe não precisa ter conta bancária no exterior, já que a retirada é feita pessoalmente em uma agência do correio no país de destino.

Quanto custa: os Correios cobram uma tarifa de envio fixa de R$ 35, mais 1,5% sobre o valor da remessa. Além disso, a taxa de câmbio praticada pelos Correios vem com margem em cima do câmbio comercial. Em 10 de junho de 2021, às 15h26, o Euro para vale postal internacional estava cotado a R$ 6,4659, contra R$ 6,1770 da taxa média do mercado – um acréscimo de 4,67%.

Como usar: vá a uma agência dos Correios levando seu CPF e um documento com foto, o nome e endereço do destinatário, bem como o número do passaporte dele. Quando o dinheiro estiver disponível para retirada, em até 5 dias úteis, o beneficiário recebe uma carta indicando o local onde será feito o pagamento.

✅ Prós: uma opção interessante para quem não tem conta no banco

❌ Contras: deixa a desejar para quem busca agilidade ou quer economizar

Quer saber mais? Acesse nosso guia do vale postal internacional.

7. MoneyGram

Fundada em 1940, a MoneyGram é uma empresa americana especializada no envio de remessas internacionais. Com presença global, possui mais de 350 mil postos de atendimento em todo o mundo e disponibiliza envios em espécie e para contas bancárias.

Como funciona: no Brasil, a MoneyGram opera em parceria com a Travelex Confidence, tanto para transferências online quanto pessoalmente em mais de 100 agentes autorizados. Para enviar dinheiro pela MoneyGram é preciso comparecer a uma loja ou acessar o site da Travelex.

Quanto custa: as tarifas e taxas da MoneyGram variam de acordo com o canal (online ou pessoalmente), moeda e valor a ser enviado. A empresa também adiciona uma margem em cima do câmbio comercial, o que encarece as transações.

Como usar: dirija-se a uma agente da MoneyGram com seus documentos e os dados do destinatário. Após efetuar o pagamento, você recebe um recibo com um número de referência, que deverá ser informado ao beneficiário. Ele pode receber o dinheiro em qualquer posto MoneyGram.

✅ Prós: beneficiário recebe o dinheiro em espécie em poucos minutos

❌ Contras: é preciso ir pessoalmente até uma agência

Ficou alguma dúvida? Confira nossa análise da MoneyGram Online.

8. PayPal

Muito utilizado por quem faz compras online e prefere não compartilhar os dados bancários com lojas ou sites por questões de segurança, o PayPal também pode ser usado para enviar dinheiro do Brasil para o exterior – apesar de não ser recomendável, já que os custos são elevados. Entenda:

Como funciona: na verdade, você não faz exatamente uma transferência para outra pessoa, e sim um pagamento via PayPal. Ou seja, trata-se de uma transação comercial. E como tal, tem tarifas e taxas maiores. O pagamento é feito com cartão de crédito ou débito e o destinatário precisa ter conta na plataforma para receber.

Quanto custa: o PayPal oferece cotações próximas do câmbio turismo (menos vantajoso) e cobra 4,5% sobre o valor enviado. Além disso, o IOF cobrado de quem envia é de 6,38%, contra até 1,1% nas outras opções listadas aqui. E quem recebe ainda paga uma tarifa de 6,4% sobre o valor da transação mais uma tarifa fixa.

Como usar: após criar uma conta no site do PayPal e preencher seus dados, será preciso cadastrar seu cartão (ou seus cartões). Para fazer transferências de valores para o exterior, é só clicar em “Enviar pagamentos”, informar os dados do destinatário, quantia e demais informações.

✅ Prós: conveniente para quem já está acostumado com o serviço

❌ Contras: custo bem elevado já que é uma transação comercial

Entenda a fundo em nossa resenha: transferências internacionais com o PayPal.

Resumo dos serviços

🏢 Empresa

🔎 Margem sobre o câmbio comercial?

💵 Custo para envio

💳 Formas de pagamento

💰 Formas de recebimento

⏰ Prazo médio

Wise

Não

Tarifa variável (já inclui IOF)

Transferência bancária e boleto

Conta bancária

1-2 dias úteis

Transfira

Remessa Online

Não

Taxa variável + tarifa bancária + IOF de 0,38% ou 1,1%

Transferência bancária

Conta bancária

1 dia útil

Transfira

Western Union

Sim

Tarifa variável + IOF de 0,38% ou 1,1%

Transferência bancária, cartão de débito/crédito, dinheiro em espécie

Conta bancária, dinheiro em espécie

1-4 dias úteis (varia)

Transfira

Global66

Sim

Tarifa variável + despesas SWIFT + IOF de 0,38% ou 1,1%

Débito em conta

Conta bancária

1-5 dias úteis (varia)

Transfira

Bancos

Não

Tarifa variável + IOF de 0,38% ou 1,1%

Transferência bancária

Conta bancária

1-2 dias úteis

Saiba mais

Correios

Sim

R$ 35 + 1,5% sobre total

Cartão de crédito/débito

Dinheiro em espécie

4 dias úteis

Saiba mais

MoneyGram

Sim

Tarifa variável + IOF de 0,38% ou 1,1%

Transferência bancária, cartão de débito/crédito, dinheiro em espécie

Conta bancária, dinheiro em espécie

1-2 dias úteis (varia)

Transfira

PayPal

Sim

4,5% sobre total + IOF de 6,38% (+ custos para receber)

Cartão de crédito/débito

Conta do PayPal

2 dias úteis

Transfira

Compare serviços de transferência

Dúvidas frequentes

Guias de transferências internacionais

Western Union: o que é e como funciona?
22 de Dezembro de 2020
Quanto tempo demora uma transferência bancária?
7 de Janeiro de 2021 - por Cecilia Gibson
Transferência internacional pelo Nubank
25 de Agosto de 2021 - por Cecilia Gibson
Transferência internacional pelo Banco Inter
9 de Agosto de 2021 - por Cecilia Gibson
Transferência internacional pelo Bradesco
22 de Outubro de 2020 - por Cecilia Gibson
Pix internacional: tire dúvidas sobre remessas ao exterior
21 de Setembro de 2021 - por Cecilia Gibson
Transferência bancária internacional: taxas, dados e como fazer
26 de Janeiro de 2021 - por Cecilia Gibson

Por que confiar no Monito?

Você provavelmente já percebeu que enviar dinheiro para o exterior pode ter um custo exorbitante. Depois de enfrentar esse problema em 2013, nossos cofundadores François, Laurent e Pascal lançaram um motor de comparação em tempo real para comparar os melhores serviços de transferência de dinheiro em todo o mundo.

Hoje, as comparações, análises e guias premiados do Monito contam com a confiança de quase 8 milhões de pessoas todos os anos e nossas recomendações são respaldadas por milhões de dados de preços e dezenas de testes especializados – tudo para que você possa tomar decisões bem informadas.

Saiba mais sobre o Monito
  • Mais de 15 milhões de pessoas no mundo todo confiam no Monito

  • Nossos especialistas passam horas pesquisando e testando serviços

  • Nossa independência jamais é afetada pelas comissões de afiliados

Monito.com

Global Impact Finance Ltd
Avenue de Montchoisi 35
1006 Lausana
Suíça

Aviso de afiliado
Em vez de banners publicitários e paywalls, o Monito ganha dinheiro com links de afiliados para várias empresas de transferência exibidas em nosso website. E apesar de trabalharmos duro para encontrar as melhores ofertas do mercado, nem sempre conseguimos trazer todos os inúmeros produtos disponíveis. Nossa ampla gama de parceiros afiliados de confiança nos permite fazer recomendações detalhadas, imparciais e baseadas em soluções para todos os tipos de questões e problemas dos consumidores. Isso nos permite combinar nossos usuários com as empresas certas para atender às suas necessidades e, dessa forma, combinar essas empresas com novos clientes, criando uma situação ganha-ganha para todos. Embora alguns links no Monito possam nos render uma comissão, isso nunca afeta a independência e a imparcialidade de nossas análises, recomendações e avaliações.